logo

Quando o filhote chega em casa, rola toda aquela euforia, toda a felicidade em receber o novo integrante da família. Porém aos poucos vai acontecendo aquelas coisas que muitos tutores julgam indesejadas.

São os temidos problemas comportamentais.

Mas será que são realmente problemas?

Ou será que apenas não entendemos muito bem o que o filhote quer nos comunicar com suas ações, e talvez não estivéssemos preparados para recebê-lo adequadamente?

Buscamos nesta seção falar um pouco sobre os principais tipos de problemas comportamentais relatados pelos meus clientes nestes anos de adestramento.

Claro que um ou outro pode não estar figurando nesta minha lista, e você pode ficar à vontade para nos comunicar algo que ele esteja aprontando e você precise de orientação.