logo

Quando falamos sobre o corte de unhas dos cães, estamos basicamente pensando na segurança, dele e dos que o rodeia.

Confira as possíveis conseqüências das unhas grandes:

– Pode arranhar humanos e outros cães. A grande maioria, principalmente os filhotes,interagem com as patas, na tentativa de agarrar ou até mesmo de chamar atenção, e neste momento podem ocorrer arranhões até mesmo mais sérios;

– Em determinados pisos, objetos, tapetes e determinadas superfícies, as unhas podem ficar presas, gerando um grande incômodo e até mesmo o risco de acidentes mais graves, como arrebentar a unha ou machucar a pata ao tentar se desvencilhar sozinho;

– Voltando ao assunto pisos, alguns são muito escorregadios, podendo levar a acidentes em caso de um escorregão;

– Unhas grandes dificultam o caminhar do cachorro, fazendo com que o seu caminhar possa se tornar incômodo e doloroso, sendo possível em alguns casos levar a comprometimentos articulares ou da coluna.

Cães que usualmente caminham em superfícies mais ásperas, como o asfalto, por exemplo, possuem uma tendência natural de desgaste das unhas. Seria como uma “lixa” natural. Mas isso não significa que não devemos averiguar periodicamente o estado delas. Em pisos mais lisos o desgaste dificilmente ocorrerá.

As unhas dos cães possuem vasos sanguíneos e nervos, em uma estrutura popularmente chamada de sabugo. Ao cortar, quando atingimos esta região, pode levar a sangramento e dor. Acontece que o sabugo pode crescer junto com a unha, portanto, quanto mais se demora a cortá-las, mais riscos de causar incômodo ao cachorro.

Em cães com unhas claras o sabugo torna-se visível, permitindo uma maior facilidade para o processo. Já aqueles com unhas escuras recomendo que o corte seja feito por um profissional, seja o tosador ou o próprio veterinário.

De qualquer forma, caso se sinta inseguro, com medo de cortar de forma errada, mesmo aqueles que possuem unhas claras com o sabugo visível, indico que procure um profissional.

Utensílios

Existem alguns tipos de acessórios para realizar este processo.

O mais comum é o alicate, que funciona como o que usamos pra cortar nossas unhas. Porém, NÃO utilizar o “nosso” alicate nos cães. Deve se utilizar o feito especialmente para eles.

As unhas dos cães podem também ser lixadas. Existem alguns modelos de lixas elétricas, onde se pode fazer o desgaste sem o corte. Assim como os alicates, caso deseje utilizar uma lixa, compre o modelo especialmente feito pra cães.

Como cortar as unhas

O ideal deste processo é iniciar o quanto antes os treinos para acostumar o cachorro com o manuseio de suas patas. Em momentos em que ele não esteja muito agitado, comece segurando suas patas de forma leve, massageando suavemente, a fim de checar se ele apresenta algum tipo de incômodo com este tipo de manipulação. Vá realizando este treino até ter certeza de que ele se habituou a isto.

Para o corte, novamente faça em um período de calma dele. Pegue o utensílio de corte, o segure com firmeza para que não se movimente, e inicie com cortes bem finos nas pontas das unhas, para ter certeza que não atingirá o sabugo.

Finalize o corte com uma recompensa, como uma festinha com elogios ou com a brincadeira preferida dele.

Em caso de sangramento, é recomendado estancar utilizando gaze ou pano limpo, pressionando por alguns minutos. Pode se utilizar também o pó hemostático, que age imediatamente. Gelo também pode ser usado.